Dia D no combate à hanseníase é celebrado com ações da Tenda da Mancha

Serviços de identificação de doenças de pele e orientações específicas foram realizados no bairro de São José

Mais de 200 pessoas foram atendidas na última terça-feira (24) durante ação do D no combate a hanseníase, comemorado no próximo dia 29. A atividade realizada pela Prefeitura do Recife em parceria com a Pastoral da Saúde e ocorreu no Pátio do Livramento, na Rua do Livramento, bairro de São José, área central do Recife e contou com os serviços da “Tenda da Mancha”.

Durante os atendimentos 04 médicos dermatologistas, 04 agentes da Pastoral da Saúde, voluntários do Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (Morhan) e funcionários da Prefeitura do Recife realizaram a triagem, identificação de doenças de pele, e principalmente, a hanseníase, além de entrega de materiais informativos sobre a doença.

Ao todo foram atendidas 208 pessoas e dentre essas, identificados 15 casos de hanseníase. Essas pessoas foram encaminhadas às Unidades de Saúde para realização dos tratamentos adequados em relação a doença.

De acordo com o fotógrafo lvan Xavier de Souza, uma das pessoas atendidas na ação, a atividade é relevante e ajuda a identificar doenças e orientar possíveis pacientes acometidos pela hanseníase. “Acho muito importante porque infelizmente temos muitas dificuldades de marcar consultas no SUS e, quando marcamos, não sabemos quando seremos atendidos e aqui, eu posso identificar que tipo de doença de pele eu tenho”, avaliou.

A Tenda da Mancha é um serviço itinerante que integra o Projeto Anjos da Pastoral da Saúde no Controle Social da Hanseníase, em parceria com o Ministério da Saúde. A ação já foi realizada em vários locais do Recife desde o lançamento do projeto, como por exemplo o Morro da Conceição, os bairros de Nova Descoberta e Santo Amaro, e agora, no bairro de São José.

 

 

 

Os comentários estão encerrados.